Carregando...

10 perguntas e respostas sobre a nova placa Mercosul

lumma-despachante-placa-mercosul.jpg

A Placa do Mercosul passa a ser obrigatória a partir de 31 de janeiro. E agora, tire suas dúvidas. A data foi determinada por uma resolução publicada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) em junho de 2019, mas após muitos adiamentos, idas e vindas da determinação é comum surgirem muitas dúvidas.

 

Já tenho a placa antiga. Preciso trocar e colocar a placa nova?

Não. De acordo com o órgão, a placa do Mercosul passa a ser obrigatória apenas para veículos novos, para primeiro emplacamento e, também, para os veículos que forem transferidos de um Estado para outro.

 

E se minha placa estiver danificada?

Após adesão ao novo sistema por parte do Detran onde está registrado o veículo, em caso furto ou dano, o condutor também terá que trocar a placa pelo novo modelo.

 

Nada aconteceu com minha placa, mas eu quero trocar pela nova. Posso?

Sim, basta solicitar a troca junto ao Detran local.

 

E qual é o valor da placa nova?

De acordo com o Ministério, cada departamento de trânsito determinará o custo das placas na região.
O Denatran, portanto, não tem interferência sobre os valores praticados pelo mercado.
Hoje em São Paulo não ainda temos esta definição.

 

Existe uma data limite para que todos os carros nacionais tenham a nova placa?

Não. Pelo menos, segundo o DENATRAN, ainda não há previsão.

 

Achou este artigo útil, e quer conferir os melhores conteúdos sobre a gestão de frotas, siga as nossas redes socias! Nós estamos no Facebook e LinkedIn!

Contato



Rua Continental, 304 – Jardim do Mar
São Bernardo do Campo – SP
CEP: 09750-060


(11) 4366-8500

De Segunda à Sexta das 8h30 às 18h30

Sobre nós

Lumma Despachante, 20 anos na excelência em assessoria veicular, sendo reconhecida como uma das maiores empresas na categoria de despachantes.


Redes Sociais


Endereço