Carregando...

Somos o primeiro despachante do país a estar se adequar à Lei Geral Proteção de Dados

lumma-despachante-lgpd-preparacao.jpg

Em setembro do ano passado, a Lumma Despachantes, mais uma vez, saiu à frente e apresentou aos seus clientes as primeiras iniciativas de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Em um evento com a participação de diretores, colaboradores, parceiros e clientes, anunciamos a nossa parceria com a empresa McAfee. Essa é uma empresa norte-americana focada em segurança da informação.

 

A lei só passa a valer em agosto deste ano e todas as empresas devem segui-la à risca. Mas, você sabe o que é a Lei Geral de Proteção de Dados e por que ela é tão importante para o gerenciamento dos negócios? Se você quer saber mais sobre o assunto, continue a leitura deste texto! Vamos lá?

 

Afinal, o que é a Lei Geral de Proteção de Dados?

Aprovada em 10 de agosto de 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma intenção do governo em satisfazer uma lacuna legal existente na manipulação de dados pessoais feita pelas empresas. Assim, o objetivo dela é criar mecanismos de controle para evitar a má utilização dos dados pessoais, garantindo mais segurança para os consumidores.

A LGPD é composta por sessenta e cinco artigos, subdivididos em dez capítulos. Neles são detalhadas as formas que devem ser gerenciadas as informações dos cidadãos, regulamentando-as. Para que os expostos na lei sejam cumpridos, as empresas precisam ajustar os seus processos e não sofrerem nenhuma penalização jurídica.
O ano de 2020 já começou, e as empresas que ainda não se ajustaram precisam correr contra o tempo: a LGPD passa a valer a partir de agosto deste ano. Aquelas que não se adequarem correm o risco de terem as suas atividades de coleta de dados bloqueadas pelo Governo.

 

Quais foram os motivos que incentivaram a criação da LGPD?

Segundo pesquisa divulgada pelo Yearbook Digital 2017, são quase cento e quarenta milhões de brasileiros conectados à Internet. Isso mostra a quantidade de dados que ficam disponíveis e vulneráveis no mundo digital. Desenvolver mecanismos para fortalecer o controle de informações é essencial, principalmente, quando estamos vivendo um momento de transformação digital.
Escândalos recentes envolvendo dados de usuários e consumidores foram os principais norteadores para o desenvolvimento de uma lei de proteção de dados no Brasil. Há pouco tempo, o Facebook vazou dados de seus inscritos, deixando as informações sensíveis vulneráveis à ação de hackers. O mais interessante é que isso aconteceu duas vezes, ao menos, essas foram a quantidade de ocorrências que chegaram no conhecimento público.
Outro ponto que motivou a LGPD foi o fato de que o nosso país ainda não tinha mecanismo estatal algum com esse propósito, enquanto os países europeus foram pioneiros. Desde as décadas de sessenta e setenta têm leis de regulamentação do uso de dados. Isso foi fortalecido com o surgimento da União Europeia e a criação, posteriormente, da General Data Protection Regulation (GDPR, ou Regulamentação Geral da Lei de Dados), em 2018.

 

Quais são as principais mudanças causadas pela LGPD?

A partir da LGPD, agora, o consumidor terá mais controle sobre as suas informações. Isso porque qualquer coleta de dado só poderá ser feita com o seu consentimento. Caso isso ocorra por outra forma, por meio de robôs, por exemplo, a empresa responsável será punida. Outro ponto interessante é que o cidadão pode conferir a forma que seus dados estão sendo usado e, caso queira, pode solicitar a suspensão desse uso.
Com isso, todas as empresas assumem maior responsabilidade no tratamento de dados pessoais dos clientes. Elas não podem comercializar essas informações e, nem mesmo, usá-las sem o consentimento do consumidor. Caso ocorra o vazamento desses dados, mesmo que para uma parceira terceirizada, é a empresa detentora responderá por isso.

Um exemplo prático disso é no gerenciamento de dados referentes aos documentos dos veículos de uma frota feito por um despachante. Todas essas informações são sensíveis para o negócio e de extrema importância para os clientes. Caso caiam em mãos erradas podem ser usadas em golpes e causar danos para a empresa. Por isso, é preciso fortalecer a segurança no fluxo de informações, principalmente, criando mecanismo de defesa cada vez mais robustos no uso de softwares.

 

Como preparar sua empresa para a LGPD?

A lei começa a valer no segundo semestre deste ano e, ainda, há algum tempo para que você possa ajustar os processos do seu negócio à nova regulamentação. Mas, é preciso começar o mais rápido possível. Busque fazer benchmarking com outras empresas que já se adequaram para entender como elas fizeram a transição, quais foram os pontos mais críticos e como causar menor impacto para as rotinas do negócio.
É importante mapear todos os seus processos para garantir que nenhum fique para trás e possa ser motivo de penalização no futuro. Leia a LGPD na íntegra e conte com o apoio de advogados experientes para que os ajustes sejam feitos corretamente. Caso contrário, muita energia será gasta, recursos financeiros e humanos, e sem o resultado esperado.

 

Capacite sua equipe

Com tanta novidade chegando, é preciso treinar seus colaboradores, compartilhar quais são as mudanças e como devem atuar no novo cenário. Como são muitas mudanças que impactam, praticamente, todos os processos da empresa, é importante desenvolver uma trilha de capacitação. Ações contínuas devem ser feitas para promover o real alinhamento da cultura da empresa e as definições da nova lei com os colaboradores.

 

Invista em tecnologias

Falamos muito em transformação digital, não é mesmo? Então, conte com ferramentas digitais para fortalecer a segurança das informações. Você pode criar um time de TI especializado nessa área ou optar por terceirizar o serviço e fazer uma parceria com empresa referências no segmento, como a McAfee.

 

Por que a LGPD é importante para os negócios?

A criação da LGPD aumenta a credibilidade dos negócios brasileiros, o que deve incentivar o investimento estrangeiro no país. A nossa economia ainda está se recuperando e não é considerada de confiança aos olhos do mercado internacional. Portanto, investir em tecnologias que fortaleçam a seriedade dos negócios nacionais é uma forma estratégica para colocar o Brasil, novamente, na rota do crescimento.

A Lumma Despachante é referência em inovação e atendimento ao cliente, por isso, nos antecipamos e fechamos uma sólida parceria com a norte-americana McAfee. Assista ao vídeo abaixo e confira como foi o nosso evento, que marcou esse novo momento para as nossas parcerias!

O evento foi incrível, não é mesmo? Fique por dentro das nossas novidades, siga as nossas redes Sociais! Nós estamos no Facebook e LinkedIn!


Deixe aqui seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Contato



Rua Continental, 304 – Jardim do Mar
São Bernardo do Campo – SP
CEP: 09750-060


(11) 4366-8500

De Segunda à Sexta das 8h30 às 18h30

Sobre nós

Lumma Despachante, 20 anos na excelência em assessoria veicular, sendo reconhecida como uma das maiores empresas na categoria de despachantes.


Redes Sociais


Endereço